sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Frágil




De  que matéria?
Átono, Átomo, ávido. 
Em que escala de dureza
acomete tão visceral
A mente
O peito
O sexo?
De que matéria?
Desconexa
escorre da tristeza dos teus olhos;
Não encontra o caminho na sua alma tão rígida
chuva no asfalto, 
sem empossar, sem criar veios.
De que matéria se faz tão frágil a sabedoria do seu sexo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário