domingo, 2 de outubro de 2011

Vem

HILLS by Filippo CIOFALO

Fecho os olhos
Enquanto me assombra;
(Digo Vem)
Em noites que outros corpos,
Tomam posse desse corpo.
Seus olhos,
Claros dos escuros
Profundos, me seguem.
Me chamam.
De iguais sentidos.
Olhos fechados,
me vendo (ambíguo)
Assim te vejo.
Em curvas e pousos.
Toma-me de igual e vem.
Onde alegria trama.
Pêlos e braços.
Mãos e encalço.
Da língua a saliva.
Viva.
Vem.
Dos corpos um.
Como dos olhos escuros-claros.
Toma posse e palavras sussurradas.
Encontros,  ventre.
Garras.
Renda-se Tempo.
A curva do seu pescoço se faz necessária.
Caminhos,
Rios.
Flor.
Cariñ(h)o

4 comentários:

  1. Soberbo!
    Nas palavras
    Que bem ditas
    Envolvem
    E vêm
    Tomando vivo o tempo
    Por igual rendidas

    ResponderExcluir
  2. Inspiração de açucaradas e sussurradas palavras para o lindo convite.Bela construção Katia.
    Meu abraço de admiração.
    Bju.

    ResponderExcluir