segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Deus das pequenas coisas


Numa frase, uma pequena pausa.
Um suspiro.
Um ponto.
Pensamento, fora de hora.
Lembrança em período de inércia.
Assalto.
Tão rápido quanto o tempo.
Um sussurro...
Como quem diz.... "Estou aqui".
Como quem diz... "Não me esqueci."
Como quem diz...
E não diz.
O levitar da alma.
O despertar do adormecido.
Acaricia a brutalidade do dia-à-dia.
Sacode.
Alivia o fardo.
O Deus das pequenas coisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário