segunda-feira, 21 de junho de 2010

Paciência moço.


Só um minuto moço. 
Preciso desemaranhar. 
Deu um nó. 
Não ... 
Um monte de ...  nós. 
Moço... 
Espere um pouquinho por favor. 
Tenho de separar tudinho. 
Se forçar arrebenta. 
Só mais um pouco moço. 
É  que já não sei onde começa um .... 
onde termina o outro.  
Esta tudo emaranhado. 
Quando eu conseguir... 
Ficará assim... 
                ...Eu e você




Si desea leer en Español

5 comentários:

  1. Jogo de palavras com nós :

    nó(s) = laço
    nó(s) = medida náutica
    nó(s)= pronome

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá....
    Tudo é um jogo... bjão....

    ResponderExcluir
  3. Espetacular este poema, gostei muito.
    Para falar a verdade gostei de praticamente todos!!! Você articua muito bem as palavras, sabe brincar com o lirismo.
    Estou seguindo-a.
    Se interessar-se por outras palavras, aí segue o link do meu blog:
    www.elainedecastro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Lindinho esse poema, inteligente, gostei!

    ResponderExcluir