segunda-feira, 8 de março de 2010

Que grande Bobagem!



Depois de conquistarmos todos os direitos que nos tornam intelectualmente iguais aos homens e liberdade, que grande bobagem é o Feminismo hoje.
Queimamos os sutiãs em praça pública, mas imediatamente compramos outros, mais bonitos, mais delicados simplesmente porque são lindos, valorizam o corpo e seduzem.
Lutamos por igualdade e no fundo nos magoamos porque eles não nos abrem mais as portas dos carros.
Conquistamos o direito sobre o corpo mas ainda assim acreditamos na maternidade e na família com papai, mamãe e filhinhos. Family Portrait. Família comercial de margarina. Ainda abdicamos pelo bem geral.
E o sexo livre? Alardeamos aos quatro ventos o sexo livre e no fundinho desejamos a conquista, o pavonear e quando o macho provar tudo o que a natureza exige, sermos agarradas pelos cabelos e colocadas em posição de femeas. Não tem jeito, isso é natureza.
Ainda gostamos de cuidar e ainda adoramos sermos cuidadas. Atenção.
Ainda nos enfeitamos para os homens.
Ainda desejamos sermos "A" mulher da vida deles. Acarinhadas. Acalentadas. Desejadas e idolatradas.
Contudo...
Para quê assustá-los com tanto pseudopoder?
É a natureza... Somos mulheres.
"Que grande bobagem é o Feminismo"

5 comentários:

  1. Opa! Gostei e concordo continuamos, sim, querendo "seduzir", amar" "se enfeitar"( ainda que "algumas correntes" digam que as mulheres não se enfeitam para os homens, mas para as outras mulheres);"cuidar" e sermos cuidadas ,mas como diferenças fundamentais que o próprio movimento feminista nos ensinou - "Não queremos só isso"

    Bjus
    Uma feminista na luta .rsrs

    ResponderExcluir
  2. A luta hoje e sempre... amém... mas é bom sermos mulheres na singularidade né?

    ResponderExcluir
  3. Oi Kátia .

    Um pouco de dialética ;)

    Tese e antítese .

    Movimento e repouso

    Expansão e contração .

    Gostei muito do post .

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente hoje, não há mais igualdade mas supremacia feminina, e as mulheres ainda ficam se posando de vítimas da sociedade masculina.

    Claro que há casos e casos, pessoas e pessoas... mas o que vemos na mídia a todo instante? O coitado do homem ser ridicularizado e a mulher super valorizada. É ou não é?

    ResponderExcluir