sábado, 6 de fevereiro de 2010

Adoraria ser uma pessoa de fé.

 
                                                               Foto by Katia Mota


Invejo as pessoas de fé.
Gostaria de ser uma pessoa de fé.
Gostaria de delegar a uma figura toda a responsabilidade da minha felicidade.
Gostaria de no bruxulear da chama, depositar todas as energias inconscientes necessárias para me mover a um objetivo.
Adoro a despreocupação porque a providência é divina.
Adoro o comodismo porque se Ele quiser.
Mas e se não quiser?
Me recuso cruzar os braços e viver de expectativas.
Me conformar com os infortúnios passivamente?
Sem revolta.
Sem luta?
Adoro a mansidão dos que tem fé.
De não precisar de uma prova concreta.
Não acredito em destino.
O destino é o nome da determinação em algo.
O destino é obstinação.
Não confunda destino com força do acaso.
O Acaso sim é interessante.
O acaso assalta.
O acaso arrebata.
Coincide.
Adoraria ser uma pessoa de fé.
Mas nasci assim...
Inconformada.
Arrebatada.
Até as ultimas consequências

6 comentários:

  1. Lindo! Ka.
    A fé sem a razão,sem a liberdade de escolha do caminho a trilhar, sem os arrebatamentos da luta e da conquista é fanatismo, demência.

    bjus

    ResponderExcluir
  2. Gostei nuito da imagem,do desabafo,do questionamento em forma de poema (belo), mas como sou uma pessoa de fé, sua amigona, rsrs, e inconformada com equívocos, me permito estender só mais um pouquinho.
    E,longe de mim querer convençer.. Mas só uns pontos ...não se tem fé para ser feliz, sereno.... e nem delegamos nossa vida para alcançarmos algo, ficarmos acomodados, Não é uma barganha. É só um caminho.. mas falo isso dentro da experiência Budista, mas que tb exige fé.
    bjus, querida

    ResponderExcluir
  3. Licença poética Su...
    Eu sei que nem todas as pessoas de fé são assim. Mas foquei nas que são entende? bjs

    ResponderExcluir
  4. Sim, minha querida, entendo perfeitamente.

    Há muitas "fés" e em nome dela muitos equívocos saõ cometidos.

    bjão

    ResponderExcluir
  5. Vc sabe... por todos esses equivocos fui ficando cética.
    Ou não ... sou cética.
    Mas a busca em que acreditar é uma constante, justamente pelo meu ceticismo, vivo em busca. (será que consegui ser colocar ? rssss...)

    ResponderExcluir
  6. Nossa ...

    sabes brincar com as parolas rss

    Parabens Kátia

    ResponderExcluir