terça-feira, 19 de maio de 2009

Quem diria?


Olhando assim de longe ninguém diria que ela seria capaz daquilo.
Tanta desordem.
Olhando assim ninguém diria que era tão mascarada. Aparentemente não tinha motivo para tanto. Tantos sorrisos, tantos carinhos. Eram feitos um para o outro. E agora isso.
Gente ainda não acredito! A cena era horrível.
O que teria a levado cometer tamanho disparate?
Em cinco minutos a cidade inteira já sabia do ocorrido. Em dois segundos todos já julgavam.
Nossa... mas o que houve com ela? Ela não tinha do que reclamar... ela tinha um marido de ouro... Nossa! Deveria estar louca... Nunca desconfiei dela, sempre tão certinha... Quem diria!!!
Especulações.
Mas quem estava ali quando escureceu e o fino fio escarlate maculava o tapete da sala?

Nenhum comentário:

Postar um comentário