terça-feira, 21 de outubro de 2008

Não é pessoal


Desculpe não é nada pessoal.
Você não deve misturar,
É profissional.
É passional.
É cultural.
É oganizacional.
É fundamental.
Não leve a mal.
Desculpe.
Não leve assim tão a sério.
Abandone ao fechar a porta atrás de si.
Não leve consigo.
Desculpe.
Não confunda.
Gosto muito de você,
Mas não leve a mal, não é pessoal.
Não é pessoal se falo sobre você pelas costas.
Também não pessoal se te denigro o tempo todo...
Enfim não é pessoal...

Basta...
Como não é pessoal?
Para mim tudo é pessoal, bastou esbarrar em mim é pessoal.
Se me atingir é pessoal.
Se me diz respeito é pessoal.
Tudo é pessoal.
Desculpe.
Eu sou pessoa.

Um comentário:

  1. Bonito, realmente, às vezes nós temos costume de dizer:"não é nada pessoal."
    Mas se somos pessoas, então isso é pessoal.
    Este poema me lembra um poema do Manuel Bandeira.
    Que diz que está cansado do lirismo que não é libertação.
    Foi você quem fez?
    Muito bonito mesmo.

    ResponderExcluir